IRPF – EXERCÍCIO 2017/2018 – Desconto simplificado: O que é? E quando utilizar?

23 março, 2018  Por:  Dicas

Em nosso País, há duas formas de tributação do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF): deduções legais (completa) e desconto simplificado. A opção pelo desconto simplificado é uma espécie de “dedução presumida” que implica a substituição de todas as deduções admitidas na legislação tributária, correspondente à dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis na Declaração de Ajuste Anual, limitado a R$ 16.754,34 (art. 3º da IN nº. 1794 – 23.02.2018, da Receita Federal do Brasil). Não necessita de comprovação e pode ser utilizado independentemente do montante dos rendimentos recebidos e do número de fontes pagadoras.
O valor utilizado a título de desconto simplificado não justifica variação patrimonial, sendo considerado rendimento consumido.
.
NOSSA DICA: fique atento, tal forma de tributação é mais indicada para contribuintes que tenham menos despesas com saúde, educação e previdência, como solteiros, por exemplo. Nem sempre há vantagem em optar pela Declaração Simplificada. Quem tem dependentes, paga previdência privada na modalidade PGBL, sofre retenção de contribuição previdenciária, tem despesas médicas, odontológicas e gastos com plano de saúde, precisa simular os cálculos, antes de optar pelo desconto simplificado de 20%.

 

 

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Acompanhar  
Notificar quando